Nossa Casa Comum

Em consonância com as propostas educacionais da UNESCO para o milênio, nosso Projeto Político Pedagógico Pastoral entende que a “educação integral” está a serviço da “ecologia integral”, principalmente por meio da articulação das dimensões crítico-transformadora e ecológico-cósmica, que respectivamente afirmam: “A realidade do mundo, com suas limitações e possibilidades, influencia-nos como pessoas. Conhecer a realidade para, com espírito crítico e construtivo, transformá-la, é um desafio e uma tarefa de toda pessoa madura” e “educar para o respeito e a preservação da vida em todas as suas manifestações, fazendo com que a pessoa colabore, assim, para a diversidade e conservação de tudo o que está direta ou indiretamente ligado à vida e à natureza”.

Este Memorial pretende resgatar a história desse nosso compromisso, em que se destacam duas iniciativas que merecem nossa especial consideração: O GTEIA (Grupo de Trabalho, Envolvimento e Iniciativa Ambiental) e o ilAli (Centro Agostiniano em Ecologia Integral). Há muitas outras, no entanto. Sirva este registro dinâmico e interativo como reconhecimento, estímulo e compromisso em vista do autêntico “bem viver”, onde todos os seres são respeitados e encontram seu lugar, na perspectiva do “reinado de Deus”, anunciado e vivido por Jesus Cristo.

Frei Luiz Antônio Pinheiro, OSA Prior Provincial e presidente da Sociedade Inteligência e Coração (SIC)

Ecologia Integral

Ainda é recente a tomada de consciência da finitude do planeta e do estrago causado pela espécie humana. Os alertas se intensificam e chegam de todos os cantos. Papa Francisco, um dos maiores porta-vozes dessa denúncia, introduz a Encíclica Laudato Si´, dizendo: “(…) a Terra, nossa mãe, clama contra o mal que lhe provocamos, por causa do uso irresponsável e do abuso dos bens que Deus nela colocou (…)”, uma forma atualizada de dizer que “toda a criação geme e padece, como em dores de parto”.

A irresponsabilidade tem deixado marcas profundas e essa constatação começa a ser sentida com mais intensidade na pele dos mais vulneráveis, percebida no ar, nos rios e oceanos, nas florestas, na extinção das espécies, na desertificação do solo, no aquecimento do planeta e em nossa saúde. É preciso ver, reconhecer, tomar decisões e agir.

É nesse contexto que várias iniciativas no âmbito da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil serão aqui narradas. Imbuídos do senso de urgência e atentos ao chamado do Papa Francisco, sabemos que as crianças e jovens que estão nas escolas e que serão os adultos de 2050 não irão comer, vestir, consumir, deslocar, trabalhar e viver como atualmente. Algo precisa mudar, e rápido.

Que a leitura desse material sirva de inspiração para quem ainda não se colocou a caminho e, para que aqueles que já estão na caminhada, “andando e chorando, enquanto semeiam”, possam se alegrar ao ver “os seus feixes”.

Aleluia Heringer Líder de Sustentabilidade

Linha do tempo

Da escola para a vida: formação ecológica como compromisso

Confira a série de ações e atitudes ecológicas dos agostinianos numa união de esforços para o bem comum.

2011
Plataforma Terráqueos

Criado no Colégio Santo Agostinho – Unidade Contagem, o projeto objetiva levar os princípios da ecologia para a educação A Plataforma atua em três grandes frentes interligadas: pessoas, planeta e animais. “Terráqueos” é uma indicação de tudo que pertence ou é relativo ao Planeta Terra.

2015
Encíclica Laudato Si´

Criada pelo Papa Francisco sobre o cuidado da Casa Comum, ela traz a posição e as recomendações em relação ao cenário preocupante da crise ambiental. Pela primeira vez um documento papal trata de forma ampla da questão ambiental no mundo, num enfoque sistêmico.

2016
Pilar Sustentabilidade

Com o objetivo estratégico de implantar conceitos e práticas socioambientais em todas as unidades da SIC, foi criado o Pilar Sustentabilidade na instituição.

2017
GTEIA

O Grupo de Trabalho de Envolvimento e Iniciativa Ambiental (GTEIA) foi a união de dois elementos: a necessidade de partir de um grupo de trabalho com representantes de todas as unidades da SIC, e de uma alusão à Teia da Vida, na qual tudo é interdependente, está em conexão e todos atentos aos contextos.

Articuladores

Criado um grupo de trabalho composto por pessoas com forte ligação e interesse nos assuntos de sustentabilidade e ecologia. O objetivo foi ampliar o olhar sobre o que seriam conceitos e práticas socioambientais, tendo como premissa o que a Encíclica Laudato Si´ e o Marco Teórico Situacional e Filosófico apontavam como aquilo que é desejável.

2018
Sustentabilidade como Valor

“Fortalecer a cultura integral” é um dos objetivos estratégicos da SIC. Por esse motivo, a Sustentabilidade tornou-se um novo Valor da Instituição.

Selo Verde

A Escola Santo Agostinho (ESA), de Bragança Paulista, recebeu a Certificação Selo Verde, classificação ouro da Ecolmeia.

Formações

Foram realizadas Formações/sensibilizações para público externo sobre a temática da encíclica, ecologia integral, sustentabilidade para representantes do SINEP, MPMG, Escolas, CNBB e ANEC.

2019
Casa Gaia/ilAli

O Centro de Referência Agostiniano em Ecologia Integral (ilAli) está localizado no município de Mário Campos/MG e surgiu como um espaço conceitual, fruto da união de forças, conhecimentos e experiências, em uma grande teia de cooperação para inspirar e fazer acontecer o cuidado com a nossa Casa Comum.

2020
Agenda SINEP
Os textos da agenda do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (SINEP) trazem temas da Ecologia Integral e são assinados pela líder de Sustentabilidade da SIC, Aleluia Heringer.

 

Formação do SQUAD de Ecologia Integral

 

Lançamento do guia “Animal não humano: presente! Reflexões sobre a educação e a relação entre animais humanos e não humanos”. Clique aqui e faça download deste guia.
ebook Ecologia Integral – Agostinianos

Faça o download do nosso ebook

Conheça as ações realizadas em consonância com a Encíclica Laudato Si’.
Inspire-se e junte-se a nós!